Postagens Recentes

20/12/2017

[RESENHA] Extraordinário - R. J. Palacio



  Extraordinário, à primeira vista, não me chamou a atenção. Depois que entendi seu significado para os outros leitores, e depois de ver o booktrailer, meu amor por ele começou a brotar.
  Ver como é, pelo ponto de vista de um garoto, o mundo à sua volta, que só o nota para desprezá-lo, foi fantástico. E perceber como isso mudou aos poucos, foi mais ainda.
“Você não consegue se esconder quando nasceu para se destacar.”
  É uma das verdades que o universo faz questão de nos mostrar.

20/10/2016

[WISHLISTS] 5 séries que quero em DVD #1


 Oi, gente.

 Estou tentando voltar ao blog aos poucos, peço perdão novamente pela falta de atualização.
  Como meu último post foi uma resenha, pensei em postar algo diferente agora, já que essa coluna não tem tantos posts. Ainda vou organizar as fotos dos livros que recebi/comprei nesses tempos. 
  Todas as vezes em que escrevi algo para a coluna de wishlists, sempre foi a respeito dos livros que queria ter na estante, mas hoje não serão eles as estrelas. 

17/09/2016

[RESENHA] Por Lugares Incríveis - Jennifer Niven


  Já tinha lido este livro antes, mas não soube na época como expressar minha opinião sobre ele, então acabei escrevendo de outro modo, e agora, finalmente estou resenhando. 
  Por Lugares Incríveis é um dos livros que nos ensina a olhar além das aparências, e fala de quanta importância damos a rótulos. Qualquer que seja o rótulo que recebemos, não somos o que algumas pessoas acham de nós. Existem pessoas que se importam, outras que fingem não se importar. Mas qual a razão disso?
  Os protagonistas do livro, Violet Finch, são dois adolescentes completamente diferentes, e, se não fosse um acontecimento inusitado, nunca teriam dirigido a palavra um ao outro. 

06/08/2016

[RESENHA] As Vantagens de Ser Invisível - Stephen Chbosky


  Ano de 1991. Charlie é um garoto de 15 anos que está no primeiro ano do ensino médio. Não tem amigos, mas também não tem quem o note para implicar com ele, apesar de existir gente que o ache esquisito.            
 Uma vez que sua tia, que era a única que o entendia, morreu, os pais não sabem como lidar com ele e a irmã não presta atenção nele, Charlie passa então a escrever cartas a uma pessoa anônima, mantendo-se incógnito, mas contando como é viver "invisível".
 Até que um dia, este garoto que pensava não ser visto passa a descobrir o que é ser alguém.
 Com a ajuda de Sam e Patrick, um casal de irmãos que se tornam seus amigos, como também de um professor que percebe quem é o menino que se esconde, tudo muda em sua vida. Charlie, que não se considerava uma pessoa tão importante, quer encontrar seu lugar no mundo.
 Particularmente, eu já tinha tentado começar a leitura desse livro duas vezes, e não tinha conseguido. Agora, me impus a continuar, para ver como o protagonista sairia de seu mundo confuso e conseguiria encontrar sentido em sua existência.


01/08/2016

[RESENHA] O Lado Feio do Amor - Colleen Hoover


  Li O Lado Feio do Amor quando ainda nem tinha sido lançado aqui no Brasil, em inglês. Desde Métrica, amei a escrita da Colleen, chorei e fiquei de coração partido, e com Ugly Love não foi diferente. *ainda acho o título português melhor, gente, desculpa*
Comprei-o agora, depois de muito tempo, e é o primeiro livro dela que tenho na estante. *vivas*

   A história começa com uma apresentação nem um pouco comum entre os dois protagonistas, Tate e Miles. Tate está se mudando para o apartamento de seu irmão, Corbin, em San Francisco, e quando chega ao apartamento, Miles, então um desconhecido, está bêbado, sentado na porta, bloqueando sua entrada, o que a faz ficar assustada e não gostar dele a princípio. Mas então ela descobre que o desconhecido é amigo de Corbin, o que a obriga a ajudá-lo, e ela não gosta nada disso. 

29/07/2016

[TAG] Séries e Seriados



Pessoal! Primeiro de tudo, peço desculpas a vocês por essa longa ausência, mas de agora em diante vou manter o blog atualizado. Resolvi passar alguns meses longe dele, não me sentia muito inspirada para publicar nada, embora tenha lido bastante.
  Li muitos livros em 2015 e fiz resenha de alguns (outros ficaram pendentes), enquanto só neste mês de Julho consegui ler algo, depois de muito tempo. Queria voltar com alguma resenha, só que nesse ano em que pausei o blog, o que mais fiz foi assistir séries, começando no mês seguinte ao último post. 

29/06/2015

[RESENHA] Beleza Perdida - Amy Harmon



Não sabia o que esperar de Beleza Perdida, mas a frase da capa me fez mergulhar de cabeça na história. Pode parecer um livro com um enredo comum, mas não é. Um adjetivo com o qual eu poderia classificá-lo seria profundo.
  2001. Na pequena cidade de Hannah Lake, na Pensilvânia, vive Fern Taylor, uma garota de dezessete anos que desde a infância é apaixonada por Ambrose Young, o rapaz de seus sonhos.
 Ambrose é o tipo de garoto que chama a atenção de qualquer aluna do colégio, um lutador, de beleza extraordinária e voz maravilhosa. Fern é a garota com quem ninguém conversa, a não ser seu primo, Bailey Sheen, filho do treinador de Ambrose. A amizade dos dois é um dos pontos mais emocionantes do livro, e me fez chorar tanto quanto rir. As graças de Bailey foram uma bênção no tempo difícil da narrativa.

26/05/2015

[TAG] Boyband Book Tag



  Boa tarde, gente! 


  Como estou retornando ao blog agora, resolvi variar um pouco e trazer uma tag, depois de tanto tempo. Desde outubro do ano passado, estava querendo postá-la, mas terminei esquecendo. A tag foi criada pela Gleice Couto, e assim que assisti ao video fiquei me sentindo nostálgica e morrendo de vontade de escrevê-la.  Desculpem-me novamente pela falta de posts. :)





26/04/2015

[RESENHA] Mar da Tranquilidade - Katja Millay



Resultado de imagem  
Nastya Kashnikov tem quinze anos. É pianista. Uma menina querida por todos da cidade com sua música e seu talento. Tem uma família completa. Sua vida é maravilhosa.

  Só que seu nome não é Nastya. Ela não tem quinze anos, e não é pianista. Sua família não está completa. A vida dela é a de uma garota morta.
 Agora, ela tem dezessete anos. Não pode mais usar a mão esquerda, e não fala. Vive com a tia, e a cidade não é a mesma. Seus pais vivem em sua cidade natal, enquanto ela foi obrigada, no novo lugar, a se matricular em um colégio para terminar o ensino médio, depois de ter sido despedaçada. Nastya quer vingança. Esta é sua história verdadeira.