"nada é tão pesado como a tristeza de não ser"

ama tudo


o sorriso
na face
à tona
dos dias

nada é tão
pesado
como a tristeza
de não ser

canta
o estares aqui
mesmo se

és
nada mais
que tu
aceita-te
mas não desistas
de ser mais

sem pressas
sem angústias
acorda os dias
em que estás
por vezes
sem saberes como

sorri
e ama tudo
que tudo
é

(bico murtosa)

(António José Cravo)
ahcravo.wordpress.com 

Nenhum comentário :

Postar um comentário