[RESENHA] O Mundo pelos Olhos de Bob - James Bowen


  Neste segundo livro sobre este gato treloso e incrível, agora podemos saber mais sobre James e Bob. Se no primeiro, James não tinha emprego e era desprezado pela sociedade, agora, ele tem um de verdade, e são conhecidos pela cidade, depois dos vídeos que estão pela internet mostrando as traquinagens do gato.



  Os dois ainda passam por muitos percalços, e isso me deixou com uma dor no coração. Há muitas pessoas que, só por inveja da relação deles, tentam dizer que Bob está sendo maltratado, e ele tem sua própria maneira, muito persuasiva, de dizer que está ótimo com seu dono, e jamais abriria mão de protegê-lo e estar com ele. James também sofre com ameaças de outros, querendo tirá-lo do emprego que conquistou depois de tanto sofrer, ainda mais estando em recuperação do vício. Mas, com a ajuda de um companheiro como esse gato laranja, o que poderia ele não superar?
  Em vários capítulos ele conta as aventuras de Bob, quer seja pelos telhados, ou olhando o mundo, e também defendendo-o de perigos. Também descreve a preocupação que ambos têm um com o outro, o que me deixou emocionada e ainda mais apaixonada por essa dupla. Houve instantes da leitura em que ri com eles, como também sofri e me preocupei. Fiquei com medo quando James disse estar doente, duas vezes no livro, e me senti aliviada depois.

“Longe de querer me abandonar, Bob andava desesperado para ajudar a aliviar minha dor e me ver no caminho da recuperação. Ele dera espaço para eu me recuperar. Mas também vinha cuidando de mim sem o meu conhecimento.” (p. 94)

“Cuidar de Bob me deu um vislumbre de como deve ser tornar-se pai. Em particular, ele me fez perceber que a paternidade tem tudo a ver com a ansiedade: preocupar-se com sua saúde, ficar de olho nele enquanto estamos nas ruas, ou simplesmente garantir que esteja aquecido e bem alimentado. (...) Com Bob, comecei a avaliar o inferno que devo ter feito meus pais passarem. Bem que eu queria poder voltar no tempo e poupá-los dessa aflição.” (p. 140)

  A leitura é muito rápida e leve, surpreende o quanto você lê em pouco tempo. Quase não vi as horas passarem enquanto lia, só peguei no livro duas vezes, e li cem páginas logo.
  Quem ama gatos e já conhece a história de Bob vai se surpreender com essa nova fase da amizade dos dois. Bob realmente salvou a vida de James Bowen, merece com louvor o título que ele lhe deu.
  Para a música, escolhi Wonderwall, de Oasis, que o próprio autor citou no capítulo 16.




Título Original: The World According to Bob 
Autor: James Bowen
Tradução: Robson Falchetti Peixoto
Editora: Novo Conceito
Páginas: 220
Ano de Publicação: 2014
ISBN: 978-85-8163-364-0

Classificação: 





  

Nenhum comentário :

Postar um comentário